Pular para o conteúdo
Home » Lula garante: “Isso não termina aqui”; novos pacotes anunciados

Lula garante: “Isso não termina aqui”; novos pacotes anunciados

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), anunciou nesta quinta-feira (9) um pacote emergencial e medidas permanentes de ajuda ao Rio Grande do Sul, após a devastação causada pela maior tragédia climática da história do estado. O compromisso do governo federal é garantir apoio imediato à população gaúcha, ao governo estadual e às prefeituras durante todo o processo de reconstrução.

R$ 50,945 bilhões em recursos serão destinados a mais de 3,5 milhões de beneficiários, incluindo trabalhadores assalariados, inscritos em programas sociais, produtores rurais, empresas, estado e municípios. Confira mais medidas aqui: RS recebe R$ 50,9 bilhões em auxílios do governo federal

Compromisso com a reconstrução

  • Reconstrução da infraestrutura: Investimento na reconstrução de pontes, estradas, casas e outros equipamentos públicos danificados pelas chuvas.
  • Apoio à economia: Medidas para impulsionar a economia local, incluindo a criação de empregos e o fomento à geração de renda.
  • Prevenção de novas tragédias: Investimento em medidas de prevenção de desastres naturais, como a construção de barragens e a canalização de rios.

Confira: Segundo Lula máquina de lavar roupa muito importante para as mulheres

O pacote de medidas de ajuda ao Rio Grande do Sul foi elaborado pelo governo federal em conjunto com o governo estadual e as prefeituras dos municípios afetados.

Confira trechos do discurso

“Essas foram as primeiras medidas de crédito. Isso não termina aqui. Eu tenho dito aos ministros que nós temos de nos preparar porque só vamos ter o tamanho da grandeza dos problemas quando a água baixar e os rios voltarem à normalidade”, disse Lula.

“Temos de começar a pensar em como vamos atender as pessoas. Quando a água vai embora, a desgraça é muito feia. Vocês não têm noção do que é uma casa quando a água vai embora, a lama que fica, é um inferno. Essas pessoas perderam todos aqueles bens”, prosseguiu o presidente.

Para Lula, será necessário que ele próprio e os ministros de seu governo percorram as cidades gaúchas para ver, de perto, o tamanho da tragédia. “Teremos de percorrer as cidades para que tenhamos noção de que não podemos permitir que nenhum viés burocrático possa atrapalhar a urgência das medidas que estamos anunciando”, afirmou.

Autor

Meu nome é Luis, conhecido na internet como LEMO. Tenho 22 anos e sou estudante de Economia na Faculdade Técnica de Ostrava. Sou apaixonado por aprender sobre o funcionamento dos mercados e a dinâmica das economias ao redor do mundo.View Author posts